“Vou aproveitar cada minuto”, diz aluna de novo IEMA entregue por Flávio Dino em Brejo.

Flávio Dino inaugura IEMA em Brejo.

O governador Flávio Dino entregou, nesta segunda-feira (2), um novo Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), desta vez na cidade de Brejo. É a décima unidade plena inaugurada. Até 2014, o Maranhão não tinha nenhuma escola de ensino integral. 

O IEMA oferece ensino integral e profissionalizante para alunos do ensino médio. Eles saem prontos para o mercado de trabalho e também para cursar o ensino superior. O instituto já ganhou diversos prêmios internacionais em apenas dois anos de existência. 

“Fico feliz de chegarmos à décima unidade plena do IEMA. Nós vamos chegar a 26 unidades ainda neste ano, sendo 13 plenas e 13 vocacionais”, disse Flávio durante a inauguração. As unidades vocacionais oferecem cursos para formar mão de obra especializada de acordo com as necessidades de cada cidade ou região.  

s alunos já estiveram no IEMA de Brejo para conhecer as instalações. “Eu estou simplesmente encantada com a escola. Minha expectativa é altíssima. Vou aproveitar cada minuto aqui na escola. Tudo o que aprender no IEMA eu vou levar para o meu futuro”, afirmou Thalia Viana Pessoa, 15 anos, que vai fazer o curso de Serviços Jurídicos.  


Tudo completo. 
As instalações do IEMA de Brejo são completas e incluem quatro laboratórios. O professor Rafael Adam, de Química, contou que a estrutura “é totalmente completa para todo o trabalho do ensino médio e, se necessário, do ensino superior também”. “Tudo o que o aluno precisa para trabalhar no ensino médio com química existe neste laboratório”, acrescentou. 

Para o reitor do IEMA, Jhonatan Almada, a entrega da nova unidade é um investimento prioritário na educação profissional e tecnológica: “Queremos fazer a melhor escola do Brasil; e acreditamos que a educação pública pode ser de excelência.”
Cursos 
O prédio do IEMA fica no povoado Morro Alegre, distante 10 km da sede do município. A unidade oferece os cursos de agricultura, manutenção e suporte para informática, meio ambiente e serviço jurídico para 160 alunos.  

A construção tem área de 2.335 metros quadrados. Inicialmente foram entregues 13 salas de aulas, laboratórios de informática, biologia, química, física e matemática da Base Nacional Comum, biblioteca, área de vivência e refeitório amplos e arejados. Agora, a quadra poliesportiva coberta e demais laboratórios serão finalizados para uso.