Inauguração de novo CD do Grupo Mateus consolida setor como um dos maiores do Nordeste


“Alguns acham que sou audacioso. Prefiro dizer que sou esperançoso. Acredito no nosso país, no potencial do nosso estado e que podemos - com trabalho, planejamento e muita disciplina - gerar muitas oportunidades”. Foi com essa frase que o empresário Ilson Mateus inaugurou na manhã de sexta-feira (26) o Centro de Distribuição e Central de Fatiamento e Porcionamento de Alimentos. O empreendimento faz parte do plano de expansão do Grupo Mateus e é o primeiro a se instalar na nova área do Distrito Industrial de São Luís.  

A solenidade reuniu autoridades, fornecedores, empresários, colaboradores, imprensa local e também do Pará nas gigantescas instalações do Centro de Distribuição. O juiz federal Luís Carlos Madeira falou da necessidade de se ter empreendedores do porte do Grupo Mateus em dias de crise econômica. “Tenho certeza que essa primeira etapa terá uma sequência extraordinária, devolvendo ao Maranhão, a esperança e dias melhores”, frisou.

O governador Flávio Dino destacou a importância da parceria entre os setores público e privado. “É preciso que cada um faça a sua parte. O estado provendo infraestrutura, condições regulatórias, apoio tributário, estímulo e incentivo. E do outro, o setor privado investindo, empreendendo, e a junção dessas duas forças é muito bom para o Maranhão”, destacou Dino.

Evandro Watanabe, do Frango Americano do Pará, veio exclusivamente para a inauguração do novo CD e ficou impressionado com o que viu e com a possibilidade de crescimento que a chegada do Grupo Mateus no Pará pode proporcionar. “Estamos aqui para prestigiar e dizer que somos parceiros e que esperamos grandes coisas do Grupo para o Pará”, comemorou o empresário paraense.
  
O secretário de estado da Indústria, Comércio e Energia destacou a coragem do empresário Ilson Mateus de empreender em tempos de crise. “Sabemos do esforço diário de empresários como Mateus e esse sentimento de avançar nos inspira”, frisou Simplício Araújo.


Qualidade
De acordo com o gerente da Central de Fatiamento e Porcionamento, o empreendimento representa um novo capítulo no que diz respeito à qualidade dos produtos para o varejo. A nova estrutura trabalha com tecnologia de ponta, tanto em equipamentos como em processamento. “O produto vai chegar em perfeito estado para o cliente, tanto na capital mais habitada quanto na cidade mais afastada”, garantiu Leandro Hortegal.

Geração de empregos
Somente para a primeira etapa do novo empreendimento foram contratados 300 colaboradores e até a conclusão da obra, em 2019, serão mais de 2 mil novos empregos diretos. “O nosso futuro passa por uma logística e os ganhos são imensuráveis, pois teremos padrão, qualidade e empregos para os maranhenses”, explicou Ilson Mateus, presidente do Grupo. Nílton César estava parado há 3 meses e ganhou uma oportunidade trabalho com o novo Centro de Distribuição. “A vida está difícil e essa oportunidade chegou na hora certa e ainda mais que é perto de casa e isso ajuda muito”, pontuou o colaborador. Jordânia Graciele também tem motivos para comemorar. “Fiquei parada 4 anos e agora tenho trabalho e minha dignidade de volta”, afirmou a conferente.


Ilson Mateus explicou ainda que a ideia é utilizar a estrutura de Davinópolis para abastecer parte do Maranhão, Pará e Tocantins. Já o CD de São Luís ficará responsável pelo abastecimento da outra parte do estado e ainda pelo Piauí. De acordo com o empresário, a logística vai permitir que os produtos cheguem a todas as cidades no prazo máximo de 36 horas. “Vamos ter ganho de escala, verticalizar a nossa produção e com isso seremos mais competitivo”, assegurou Ilson Mateus, que após a bênção do pastor Zenaldo Oliveira e cortar a fita que inaugurou oficialmente o novo CD, puxou um grito de guerra com os colaboradores que expressa bem o espírito do Grupo. “Quem somos nós? Mateus. O que nós queremos? Atitude”.