Mata Roma recebe mais de 3 milhões e saúde vive momento difícil

 


Situação complicada tem vivido a saúde de Mata Roma, falta tudo em uma área onde devia ser prioridade e essencial ao município.

Nas policlínicas a falta é de médicos à EPI's, isso mesmo, profissionais nem condições dignas de trabalho estão tendo , falta luvas , máscaras, enfim, todos os itens de uso obrigatório por se tratar de uma área que se exige todo cuidado necessário. 

A população padece com falta de medicamentos nas farmácias básicas ,hipertensos , diabéticos e gestantes que tem direitos aos seus  medicamentos infelizmente estão sendo deixados a desejar pois não tem ,a reclamação é diária nos corredores das clínicas onde até médico falta pois é constante as demissões e pedidos de desligamento dos profissionais do município.

A situação é séria ao ponto de pacientes e funcionários terem a única opção  de compartilhar copos de vidros no caso de sede pois a muito tempo não se tem descartáveis disponíveis , sem contar na forma que essa água tá sendo ofertada em litros de garrafas pet sem saber nem a procedência de tal água . 

Agora vamos ver a bagatela que foi destinada recentemente a saúde de município: 

Isso mesmo população matarromense, o município foi contemplado com mais de três milhões de reais e a saúde uma calamidade .

Como fica essa situação onde o vice prefeito é o líder da secretaria de Saúde?

Alguma explicação a população. senhor Araújo Diniz , Abraan Leopoldino( secretário de Saúde) Natália Galvão ( secretária adjunta e senhor Besaliel Albuquerque?

A população exige uma explicação e providências pois se existe um montante destinado a saúde tem que ser investido, tá na hora de aparecer no nosso município fiscalizações federais pra ver a olho nú a baderna que tá rolando na saúde e o descaso com a saúde da população dessa cidade .

Alô FANTÁSTICO tá na hora de aparecer!!!!!!