VÍDEO: Anapuruense é ignorado pela gestão Municipal e morre em Goiânia.

Por: Alexandre Cunha
Conheça a triste História do jovem Anapuruense, Elisvan Sarmento, que foi em busca de uma nova vida em Goiânia, acabou adoecendo, sem condições para retornar para casa a família procurou ajuda junto a prefeitura municipal de Anapurus, mas por diversas vezes foram ignorados pela gestora Vanderly Monteles.

Veja no vídeo o triste relato da família, que hoje chora a por não ter tido a oportunidade de pelo menos ter enterrado o filho. Click abaixo 
A família do jovem Anapurense Elisvan Sarmento passa por momentos de grande tristeza e desprezo por parte da administração Pública Municipal.

Por falta de oportunidade de trabalho que o município não oferece, o jovem teve que sair de sua terra natal em buscar de sobrevivência na cidade de Goiânia. 

Infelizmente não teve sorte e logo adoeceu.  Elisvan de 29 anos de idade teve uma Pneumonia e duas pardas cardíacas.  Desde então começou o drama da família para conseguir traze-lo de volta para sua terra natal.
Elisvan tinha 29 anos e saiu em busca de realizar seu sonho, trabalhar e comprar um transporte. 

A família solicitou ajuda à prefeita para trazê-lo de Goiânia para Anapurus, e tendo a mesma gestora se comprometido em ajuda-los, mas tudo não passou de promessas. Sem conseguir ajudar o jovem acabou falecendo em Goiânia, no último dia 11 de junho.  Vários apelos foram feitos pelas redes sociais para que a prefeitura ajudasse no traslado.

Apelo nas redes sociais, mesmo assim foi ignorado pelo poder público.   

Abalada, à família chora e lamenta em não poder ter ao menos enterrado o filho.

“Depois de ter ajudado a Prefeita Vanderly por três eleições, e agora, na hora que eu mais precisei ela mim deixou jogado no lixo”; relatou aos prantos, Osvaldo da Silva, pai de Elisvan.
Pai chora emocionado ao se sentir menosprezado pela gestão pública, a qual ele sempre ajudou.    

O traslado do rapaz custava em torno de R$ 7.00,00 reais. Dona Socorro ainda tentou um a recorrer a um empréstimo de sua aposentadoria, mas não deu tempo e o filho acabou falecendo.
Pai e mãe de Elisvan amenizam a saudade do filho através de uma foto no celular.  
Diante dos fatos, O blog do Alexandre Cunha obteve com exclusividade documentos de contrato entre a prefeitura Municipal de Anapurus e a empresa funerária, NACIONAL PAX SERVIÇOS PÓSTUMOS LTDA, com sede na cidade de Bacabal MA.

O contrato firmado entre prefeitura e a empresa, é de, 281.300,00 reais, PARA AQUISIÇÃO DE URNAS FUNERÁRIAS (caixão) E SERVIÇOS DE TRASLADO, para atender as famílias carentes do município de Anapurus, através da secretaria de assistência social, durante a pandemia do covid-19.

No contrato existe aquisição de 300 URNAS FUNERÁRIAS, SENDO QUE MAIS DE 100 CAIXÕES PARA CRIANÇAS, e um total de 1.800 TRANSLADO FÚNEBRE.
Contrato entre prefeitura e empresa funerária. 

PARA ONDE FOI ESSE DINHEIRO QUE NÃO PODE AJUDAR UMA FAMÍLIA CARENTE?  

A família agora precisa de ajuda para arcar com as despesas do velório, cerca de R$ 2.500 reais.

Através de telefone o blog  do Alexandre Cunha procurou a prefeitura de Anapaurus, mas não obtivemos nenhuma resposta sobre esta grave denúncia.


ISSO É FATO