Pesquisa aponta que 70% dos maranhenses são a favor da reabertura do comércio.


Rua Grande é a principal avenida do comércio popular em São Luís — Foto: Divulgação/Prefeitura de São Luís

Estudo foi realizado entre os dias 4 e 9 de junho e contou com os dados da Escutec juntamente com jornal "O Estado".


Um estudo realizado pela Escutec em parceria com o jornal "O Estado" revelou que 70% dos maranhenses são a favor da reabertura do comércio. A pesquisa que foi realizada entre os dias 4 e 9 de junho respectivamente entrevistou um total de duas mil pessoas.

Ainda de acordo com a pesquisa, 27% dos entrevistados não são a favor da mudança imposta pelo governo do estado de flexibilizar as medidas de isolamento durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) e 3% não souberam e não quiseram se posicionar sobre o assunto.

Há cerca de duas semanas as atividades comerciais no Maranhão estão sendo abertas de maneira gradativa. Até o momento já foram autorizados a reabertura de pequenos comércios, estabelecimentos de material de construção, salões de beleza e templos religiosos. Na próxima segunda-feira (15) estarão aptos a retornar as suas atividades os shopping centers seguindo as normas sanitárias.

Além dos assuntos relacionados a reabertura do comércio, a pesquisa também escutou os maranhenses sobre a aprovação deles em relação as atitudes tomadas pelo governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) no que diz respeito ao enfrentamento da pandemia do novo coronavírus no estado.

Segundo a pesquisa, 59% dos maranhenses aprovam as atitudes do governador, 23% não estão concordando, 16% afirmaram não concordar com, nem discordar sobre o questionamento e apenas 2% preferiram não se posicionar.

Perguntados sobre o mesmo assunto levando em consideração as atitudes do presidente da República, Jair Bolsonaro, 24% dos maranhenses são a favor da posição adotada por Bolsonaro e um total de 61% não aprovam.

A avaliação dos dois governos, de forma geral, também são semelhantes. Conforma o levantamento, 57% dos maranhenses aprovam a governo de Flávio Dino enquanto que contra 35% desaprovam. Já 8% do povo maranhense não soube ou não preferiu não responder. Somente 34% dos maranhenses concordam com a administração de Jair Bolsonaro. A desaprovação, nesse caso, chega a 60%.
Fonte: G1 MA