Campanha de Eduardo Sá avança por todo Maranhão e nome do candidato já aparece entre os prováveis eleitos.


Candidatos devem cumprir todas as condições de elegibilidade e não incorrer em nenhuma das causas de inelegibilidade previstas na legislação eleitoral.

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) deferiu a candidatura a deputado federal do empresário Eduardo Sá. Filiado ao Partido Humanista da Solidariedade (PHS), o candidato integra a Coligação Juntos pelo Maranhão.

De acordo com a Justiça Eleitoral para terem os registros deferidos pelos Tribunais Eleitorais os candidatos a presidente da República, a senador, a governador de Estado, a deputados federal, estadual ou distrital devem cumprir todas as condições de elegibilidade e não incorrer em nenhuma das causas de inelegibilidade previstas na legislação eleitoral (Lei Complementar n° 64/90).