Chapadinha: Prefeitura e CMDCA promovem ação em alusão ao Dia Municipal de Combate às Drogas


O dia municipal de Combate às drogas (17) foi marcado pelo comprometimento de entidades chapadinhenses que firmaram parcerias para de forma integrada agirem no enfreamento a esse problema que assola a sociedade em todo Brasil.

A Abertura do Ciclo de Palestras de Combate as Drogas nas Escolas Municipais de Chapadinha foi uma iniciativa do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), em parceria com o Conselho Tutelar, Polícia Militar, Prefeitura Municipal por meio das Secretarias de Educação (SEMED), de Saúde (SEMUS) e de Assistência Social (SEMAS), com o objetivo de alertar e instruir os jovens e adolescentes sobre os efeitos devastadores das drogas.

O evento que comemora o início de várias ações de combate as drogas aconteceu na Unidade Integrada Francisco Isaias do Nascimento - CAIC na última sexta-feira (17) por meio de uma palestra com a linguagem simples e dinâmica que abordou os efeitos devastadores das drogas lícitas e ilícitas sobre os jovens.

A abertura do evento foi proferida pelo Capitão Paiva do 16º Batalhão da Polícia Militar de Chapadinha, que falou sobre os efeitos devastadores das drogas lícitas e ilícitas sobre os jovens. “O objetivo é a prevenção, mostrar para eles os efeitos e consequências do pós-drogas. As drogas, sejam elas quais forem, têm o poder para destruir a pessoa, roubando sua dignidade, sua autoestima, seus sonhos, levando-a a um estado deplorável. É preciso que a sociedade entenda que a dependência química é uma doença, que precisa ser prevenida”. A PM atuará na prevenção às drogas por meio do Ronda Escolar e do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) que este ano atenderá 1.300 alunos do 5º ano da rede municipal de ensino em parceria com SEMED e com a Câmara Municipal.

Para a gestora da escola, professora Rita Monteiro que representou os demais gestores escolares, a iniciativa é muito bem-vinda. “Acreditamos que a educação preventiva é o caminho para manter os jovens afastados das drogas”. De acordo com a presidente do CMDCA, Silvana Costa, novas palestras devem ser programadas para os próximos meses. “Nosso objetivo é articular informações que contribuam para o desenvolvimento de novos conhecimentos de forma a manter nossas crianças e jovens afastados das drogas. Para isso, estamos trabalhando mais perto do Conselho Tutelar, com representante da Comissão Intersetorial do Selo Unicef, Prefeitura Municipal, Polícia Militar e demais órgão que militam na proteção da criança e do adolescente de maneira a identificar ações que resultem na prevenção e cuidado dos nossos jovens”, informou. Secretaria de Comunicação