Criança de 5 anos é brutalmente espancada, mãe e padastro são suspeitos de terem praticado o crime

Um menino de cinco anos de idade deu entrada, na quinta-feira (15), no Hospital Socorrão I, em Imperatriz, com ferimentos graves supostamente causados por espancamento. A criança apresentava os dentes quebrados e graves ferimentos no rosto. O menino é do povoado Paciência, no município de Sítio Novo, no Maranhão. A mãe e o padrasto do menino são os principais suspeitos de terem cometido a agressão, segundo a polícia.
Menino de cinco anos foi vítima de agressão
que teria sido praticada pelo padrasto
(Foto: Rômulo Chaves, internauta.)
A notícia foi passada pelo internauta Rômulo Chaves, de
37 anos, que trabalha como contador. Em contato com a Delegacia de
Imperatriz e, segundo o delegado Assis Ramos, a mãe e o padrasto do menino estão presos e que os dois foram agredidos dentro da delegacia, por outros presos.

“Eles foram autuados em flagrante. É um crime sem motivação nenhuma, apenas crueldade. O que sabemos é que o padrasto agrediu a criança, mas que não houve nenhuma intervenção da mãe no sentido de impedir as agressões. Ela ficou inerte. Eles vieram para a delegacia, mas foram hostilizados pelos outros presos. Foi uma questão de minutos e os presos se rebelaram. Os dois foram agredidos e tivemos que colocá-los isolados, mesmo assim, a revolta aqui está muito grande. Já entramos em contato com a Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária ( Sejap) para tentarmos a transferência deles e vamoscontinuar com as invetigações aqui." afirmou o delegado.

Nota da Redação: em contato com a direção do Hospital Socorrão I de Imperatriz, o G1 foi informado que, apesar da gravidade dos ferimentos no rosto, a criança apresenta melhoras e já consegue falar. Informações sobre previsão de alta não puderam ser repassadas.
Do G1